V E S T I B U L A R
MENU
 Menu Principal

A importância da boa didática na licenciatura em Pedagogia

Ensino ou arte de ensinar compreende a relação entre professor, aluno e conteúdo; a didática reúne métodos e técnicas que mediam essa relação

às 23h20
A didática a ser desenvolvida em sala de aula envolve planejamento, seleção de materiais e preparação (Unsplash)
A didática a ser desenvolvida em sala de aula envolve planejamento, seleção de materiais e preparação (Unsplash)
Compartilhe:

Muitas vezes, ao se comentar uma determinada aula, é comum dizer que faltou didática. Ou ao contrário, quando se elogia uma explicação, diz-se que foi muito didática. E ainda questiona-se a um professor sobre qual seu método didático adotado nas aulas. Mas afinal, o que isso realmente significa?

O termo tem origem grega – didaktiké – e, como ciência que regula o ensino, foi estabelecida no século XVI. Hoje em dia, a palavra é utilizada para definir um campo de estudo dentro da Pedagogia que discute questões relativas aos processos de ensino e aprendizagem, bem como a relação entre o professor, o aluno e a matéria a ser estudada.

A importância do processo didático-pedagógico está no fato de usar métodos e técnicas para mediar ações e estratégias diversificadas com o objetivo de melhorar o aprendizado, construir conhecimento e formar o aluno. A didática compreende as relações que são estabelecidas entre os elementos que fazem parte dos atos de ensinar e de aprender.

Para tanto, se utiliza de recursos e materiais variados para aprimorar as atividades curriculares propostas. Tais elementos não são estáticos, mas variáveis, modificando-se com o tempo, caindo em desuso, sofrendo readaptações ou dando lugar a mecanismos inovadores, numa dinâmica que acompanha a evolução do nível do aluno e do próprio meio que se insere.

Campo de estudo

Como área de estudo, a didática propõe diretrizes, formas e princípios que são comuns ao ensino de todas as áreas de conhecimento. Tem como base teorias pedagógicas e se utiliza de diferentes fontes para pesquisar e elaborar novos materiais e formas de abordagem para ampliar conteúdos, métodos e procedimentos de ensino.

Este campo é responsável por produzir conhecimento sobre técnicas e condições de ensino, com o objetivo de tornar a prática docente reflexiva e não apenas reprodutiva de conteúdos pré-estabelecidos. Também vai analisar os mecanismos de apreensão dos conteúdos utilizados pelo aluno nas diferentes disciplinas curriculares.

O que se busca é sempre proporcionar modos eficazes de transmissão de conteúdos. Com o tempo, muitos educadores acabam acumulando experiência para desenvolver o próprio ato didático capaz de facilitar ao aluno a absorção dos conteúdos.

Formação de professores

A formação de professores é um processo em constante transformação, que deve acompanhar as mudanças da própria sociedade. Cada vez mais é necessário buscar interligar teoria e a prática para conseguir incentivar o aluno a ser o protagonista de seu próprio desenvolvimento através dos recursos didáticos disponíveis.

Nos cursos de licenciatura e pedagogia, o ensino da didática tem alto grau de relevância para os futuros educadores, por se tratar de profissionais que irão atuar na educação básica, nos primeiros anos da vida escolar da criança. Saber fazer uso de materiais e recursos apropriados e que facilitem o entendimento do conteúdo é fundamental para estimular o gosto pelo conhecimento desde pequeno. E uma formação eficaz, capaz de responder às exigências da sociedade e do mercado de trabalho é primordial. 

Asscom | Grupo Tiradentes  

Compartilhe: