V E S T I B U L A R
MENU
 Menu Principal

Aluna de pedagogia fala do seu amor pelas quadrilhas juninas e pelo São João


às 17h08
Compartilhe:

Junho chegou, o mês mais nordestino do calendário traz com ele muitas tradições, alegria, música e cultura para os estados do nordeste. Por isso, ao longo desse mês vamos contar histórias de alunos e colaboradores que de alguma forma representam essa tradição junina, seja na dança ou nas receitas típicas, mas que vão aquecer nossos corações com memórias que demonstram seu amor ao nosso São João.

E para iniciar vamos conhecer a aluna do 6º período do curso de pedagogia, Andreza Santos Santana, 21 anos, ela representa nosso estado dançando na quadrilha ‘Xote Baião’ e conta que começou sua paixão pelas quadrilhas juninas aos 10 anos. “Tudo começou na escola, quando me chamaram para dançar na festa de São João. Foi ali que começou minha história com os festejos juninos e eu não parei mais”.

Há 10 anos vivendo intensamente o mês de junho através das quadrilhas, para Andreza, não poder se apresentar por conta da pandemia tem sido muito triste. “Não posso estar com os outros colegas, abrilhantando a noite de São João, levando alegria para quem nos ver dançar. E quanto mais se aproxima das datas que eu estaria no salão fazendo as apresentações é que vem as emoções junto com as boas lembranças”, destacou.

A aluna relatou que quando veste a roupa e começa a apresentação, o sentimento é de muita emoção, felicidade e orgulho. “É um momento mágico, porque eu me transformo em outra pessoa. Ali no palco quer sempre buscar cativar o público presente”.

Sobre o que o mês de junho significa em sua vida, Andreza diz que esse é o mês dela. “A maior parte dele eu passo viajando com os colegas da quadrilha, junto de pessoas que tenho muito afeto. O São João para mim representa a felicidade, pois é o que eu sinto e levo comigo em cada apresentação”, finalizou.

Compartilhe: