V E S T I B U L A R
MENU
 Menu Principal

Aluna do curso de Serviço Social conta como fez para superar os desafios das aulas online


às 11h36
Compartilhe:

Na editoria Alunaço desta semana temos o prazer de apresentar a história da aluna Maria Angélica Silva Menezes, 63 anos, que cursa o 9º período do curso de Serviço Social da Faculdade São Luís de França. Um exemplo de força de vontade, coragem e muita alegria de viver, dona Maria Angélica conta como foi o desafio de continuar estudando durante a pandemia e o jeito mais que especial que ela usa para assimilar os conteúdos.

A aluna, que já é formada em pedagogia, destacou que queria ter um novo conhecimento e acabou escolhendo a área de Serviço Social. “Eu trabalho há 11 anos como agente de saúde e pelo meu trabalho escolhi essa profissão, pois se enquadra no que eu queria estudar”, afirmou.

A futura assistente social relatou que o momento mais difícil foi quando a pandemia iniciou e toda sua rotina de estudo presencial precisou ser alterada. “Para mim o principal desafio foi quando chegaram as aulas online, fiquei muito ansiosa, chorava muito, achei que não fosse conseguir, mas tive uma colega que me ajudou muito e me ensinou passo a passo como eu teria que fazer para estudar pelo computador.Foi uma vitória muito grande, porque eu não entendia praticamente nada de tecnologia , então ela me ensinou, os professores também me deram dicas e hoje já uso notebook diariamente e também o tablet no meu trabalho”.

Após o início difícil, dona Maria Angélica conta que agora já faz pesquisas, trabalhos e consegue digitar com mais facilidade. “Ao mesmo tempo que foi desafiador, foi muito interessante, consegui a cada dia me superar mais”.

Apaixonada por leituras e por escrever, a aluna desenvolveu um método que ajuda a assimilar o conteúdo digital, mesmo com todo o material disponível no computador, ela faz questão de copiar tudinho no caderno. Para Maria Angélica, dessa forma mais fácil de entender o conteúdo e com tantas páginas escritas, num é que ela começou a escrever cordéis na pandemia!

“A pandemia também serviu para eu começar a escrever, falei sobre o afastamento da família, sobre sobre o afastamento do trabalho e também das Lives que assistia na Faculdade. Fazia os resumos com as rimas”, contou.

Dona Maria Angélica já está quase se formando e quem pensa que ela pensa em encerrar a carreira de estudante se enganou. “Nunca desisiti, já pensei, mas só pensei, sempre sigo em frente para realizar esse meu sonho e muitos outros. Ainda quero fazer outro curso, que é Psicologia, só peço a Deus que me permita realizar mais esse sonho”, finalizou. 3 anexos

Compartilhe: