V E S T I B U L A R
MENU
 Menu Principal

Aluno do curso de direito conta sua trajetória até chegar na sua terceira graduação


às 11h47
Compartilhe:

Na editoria “Alunaço” de hoje vamos conhecer o aluno do 2º período do curso de direito, Eraldo Souza Andrade Filho, 30 anos, que contou um pouco da sua história de superação e foco nos estudos. Rumo a sua terceira formatura, o estudante é do povoado Tanque Novo, no município de Riachão do Dantas, e contou sobre sua caminhada até chegar à Faculdade São Luís de França.

De origem humilde, Eraldo relata que morou por muito tempo com seus avós paternos, mas sempre tinha contato diário com seus pais, foram eles que mostraram a ele a necessidade de estudar. “Meus pais e minha avó sempre me incentivaram a estudar e trabalhar, pois cresci ouvindo deles que a educação transforma e o trabalho dignifica o homem. Trabalhei com meus pais por muitos anos na nossa churrascaria e tive sempre o apoio deles, mesmo com alguns obstáculos de dificuldade na minha primeira formação”, destacou.

Eraldo, que já é formado em Geografia e Educação Física, contou que ao longo da sua primeira graduação enfrentou muitas dificuldades, mas foi um período de aprendizagem e conseguiu concluir o curso. “Utilizava o transporte público para ir até a Faculdade, na cidade de Lagarto, era uma dificuldade diária. Posterior a primeira formação comecei a ter o desejo de estudar o curso Educação Física, que também tinha muita afinidade por gostar bastante do que é em si, além da parte teórica. Sempre fui amante do esporte e dos cuidados com a saúde esportiva. Foram momentos de muita aprendizagem e tomei gosto por continuar estudando e me capacitando”.

Por conta do seu emprego atual como coordenador pedagógico do programa Aprendiz Integrado, Eraldo veio morar em Aracaju. Sempre dividindo os estudos com o trabalho, foi no início de 2020 através do incentivo de sua companheira que é advogada, decidiu que faria sua terceira graduação. “Sempre fui um jovem fissurado por direito e tinha muita vontade de estudar, porém, não tinha condições de arcar com a despesa de um curso de direito trabalhando na churrascaria dos meus pais, quando cheguei para trabalhar e morar em Aracaju pesquisei algumas instituições de ensino e foi onde conheci a Faculdade São Luís, instituição que de início me deixou muito feliz pelo acolhimento e também pela oferta do curso”, ressaltou.

A animação com o novo curso foi tanta que logo no início foi monitor da disciplina Produção e recepção de textos. Além da nova graduação, o aprendizado também segue dentro de casa, pois Eraldo é estudante e pai do pequeno Enzo, com pouco mais de 1 ano. “A vida de pai e trabalhador é um grande obstáculo para o estudo rotineiro, mas com muita vontade de conhecer e aprender precisamos nos moldar a essa nova realidade. Mesmo diante da realidade de ser pai, trabalhar e com a pandemia separo um momento para estudar ou ler durante o dia, a fim de obter maior conhecimento e exercitar a mente”, afirmou.

Junto com a realização do sonho de cursar direito, também veio a pandemia e com ela momentos difíceis junto a sua família, que se viu prestes a fechar as portas da churrascaria, que há 21 anos era o sustento de seus pais. “Os decretos que abriam e fechavam se revezavam por semanas causando assim um prejuízo incalculável, mas mesmo com todo esse problema buscamos agir. Fizemos ações como marketing digital e criação de conteúdos, post nas redes sociais a fim de atrair o público na modalidade delivery. Graças a Deus a ação foi positiva e pudemos suportar os piores momentos dessa pandemia onde chegamos a ficar por meses finais de semana sem funcionar, só fazendo entregas”, finalizou Eraldo que com sua história mostra que quando temos força de vontade é possível vencer as adversidades e alcançar seus sonhos.

Compartilhe: