V E S T I B U L A R
MENU
 Menu Principal

Boas práticas para garantir um ótimo atendimento ao cliente


às 15h06
Compartilhe:

Prezar pela qualidade na maneira com que os clientes são abordados é muito importante independente do ramo de atuação, pois com a concorrência no mercado muito disputada as empresas têm buscado novas técnicas e métodos para atrair e fidelizar ainda mais os consumidores. Alguns profissionais nem sempre dão a devida importância para essa questão e acabam muitas vezes não obtendo resultados satisfatórios.

A secretária acadêmica Juliana Silveira, traz uma série de orientações que podem ser utilizadas no atendimento ao público e melhorar a relação com a empresa, confira!

1. Satisfação do cliente

É muito importante medir a satisfação dos clientes por que ao verificar a insatisfação dos mesmos, podemos trabalhar na revisão dos processos para reverter este quadro. Apenas nos guiando na satisfação dos nossos clientes, podemos pontuar as nossas fragilidades para podermos atuar na correção das falhas.

2. Qualidade no atendimento ao público

Acredito que existem pilares de atendimento que devem sempre ser levados em consideração, como: entender a demanda do cliente, ter conhecimento sobre os serviços oferecidos, ter empatia pelo aluno, personalizar cada atendimento e ser dinâmico nos processos.

3. Atributos importantes para o atendimento com excelência

Acredito que existem 4 pontos que devem ser sempre priorizados no atendimento ao cliente: O Carisma, o Conteúdo, a Comunicação e a Confiança. Desta forma, conseguimos nos conectar com o cliente de tal forma que a excelência acaba sendo uma consequência inevitável.

4.  Práticas essenciais

Ter Carisma: O que é ter Carisma? É ter aquilo que te faz único. Simpatia, convicção, energia positiva, otimismo, confiança e inteligência emocional formam um conjunto de atributos indispensáveis para quem trabalha com público.

Ter conteúdo: Saber do que está sendo tratado; conhecer os produtos que a empresa oferece, saber quais pontos positivos podem ser expostos e quais pontos negativos podem ser questionados pelo interessado.

Saber comunicar-se: Saber compartilhar de uma forma VERBAL e NÃO-VERBAL para se fazer entender de forma clara.

Ser confiante no que diz: A confiança é à base de construção de uma proposta de valor entregue ao cliente. Assim como todas as relações humanas, sem confiança, não há troca.

Ser empático: Entender o cliente, saber passar as informações de uma forma direta e leve, entendendo que nem sempre será uma informação que será aceita facilmente e desta forma saber ouvir as insatisfações com atenção. Se colocar no lugar daquele que está buscando as informações.

Compartilhe: