V E S T I B U L A R
MENU
 Menu Principal

Entenda a importância da terapia e seus benefícios


às 16h21
Compartilhe:

De acordo como Google Trends, houve um aumento de 88% nas buscas por terapias desde o início da pandemia. O cuidado com a saúde mental é um assunto muito recorrente nos últimos tempos e uma das formas de preservá-la, que tem sido recomendada pelos especialistas, é a terapia.

Jameson Silva, psicólogo, mestre em psicologia social e professor na Faculdade São Luís de França, diz que, as abordagens da terapia se distinguem não somente pelos instrumentos e técnicas que empregam, mas também no próprio entendimento do que seria o espaço clínico.

 “Um profissional pode conceber o seu trabalho como o de ajudar seu cliente a identificar crenças e representações disfuncionais, por exemplo; outro pode entender que a clínica é um espaço de elaboração de conteúdos e experiências para as quais o cliente resiste em lidar em seu cotidiano; um terceiro pode tomar como sua função a de auxiliar o sujeito a ampliar seu repertório de ações diante de uma situação-problema específica pessoas interessadas em exercer o papel de terapeutas”, explica.

As terapias são divididas em muitas linhas e abordagens, que de acordo com Jameson ao produzir uma listagem objetiva poderia levar a um simplismo da prática clínica e das muitas bases teóricas que podem fundamentá-la. “O importante é que o psicólogo – vinculado a um conselho profissional que regule e oriente sua prática, técnica e eticamente – sempre saberá explicar a seu cliente o funcionamento e o propósito deste espaço, assim como descrever para ele o processo terapêutico que, juntos, podem construir”, afirma.

A terapia normalmente é recomendada àqueles que foram submetidos a alterações de rotina durante a pandemia, às incertezas políticas e à exposição compulsória ao vírus por questões de trabalho, mas alerta que não pode se perder de vista o horizonte dos “sintomas” com os quais o terapeuta costuma lidar. “Clientes previamente diagnosticados com depressão e ansiedade certamente podem estabelecer com o profissional uma relação terapêutica frutuosa e potente, mas ainda aí não se deve perder de vista os elementos situacionais dessas formas de sofrimento”, aponta Jameson.

O psicólogo ainda alerta sobre alguns benefícios que é possível adquirir ao fazer terapia, que são:

1. Um melhor entendimento dos processos que nos constituem, que nos tornam “quem somos”; o que implica, como outro lado da mesma moeda.

2. Um entendimento também das relações que tecemos com os outros.

3. A produção de outros modos de interpretar as queixas, questões e demandas que nos tomam.

4. A ampliação das possibilidades de lida para com esses problemas.

5. Uma ampliação geral dos nossos modos de estar no mundo.

Compartilhe: