V E S T I B U L A R
MENU
 Menu Principal

Erros que os alunos cometem ao escolher o curso de graduação


às 15h09
Compartilhe:

Decidir qual curso irá cursar no ensino superior não é uma tarefa fácil, principalmente para aqueles que têm dificuldade em se identificar com alguma área. Muitos ficam perdidos nesse momento e acabam se precipitando ao escolher uma graduação que provavelmente se arrependerá. Para isso não acontecer preste atenção nas dicas a seguir:

1. Gosto da área de exatas, vou cursar Engenharia

É necessário entender que escolher o curso não é uma ciência exata, logo, nem sempre o gosto por uma matéria vai te levar para a mesma profissão. Se usar esse critério, terá no máximo uns cinco cursos em mente e existem centenas de opções. Para não se arrepender, entenda o que te atrai nessas matérias. Como você poderia se aprofundar nesses assuntos aplicando na sua rotina profissional?

2. Não pesquisar a fundo sobre as profissões ao escolher o curso

Pesquise o máximo possível sobre cursos e profissões antes de escolher o curso que vai fazer. Se você escolher só entre as que já conhece, não irá tomar a melhor decisão possível. A melhor decisão é aquela em que você avalia todas as opções com muita cautela. Após colocar na balança todos os fatores, você poderá escolher um curso.

3. Não saber que existem vários caminhos para chegar na mesma profissão

Pesquise as possibilidades de atuação de um profissional da área. Veja onde ele trabalha, o que pode fazer, em que pode se especializar e como é o dia a dia. Quando entender um pouco mais sobre a profissão, verá que existem inúmeros caminhos para chegar até lá. Como por exemplo, a profissão de diplomata. Muitos acreditam que para ser diplomata é necessário fazer o curso de relações internacionais, mas não. É necessário ter uma formação em qualquer curso do ensino superior e se dedicar ao concurso que requer esse ensino.

4. O pior de todos: se comparar aos outros

Eliminar opções pelo que os outros acham, e não você, é um dos piores erros ao escolher o curso, pois é muito comum que elas digam:  

– “Vai morrer de fome”;

– “Não vai conseguir emprego nessa área”;

– “Seu primo está fazendo Medicina e recebendo muito dinheiro”;

Procure saber se é verdade e tome a decisão por conta própria.

Na hora de escolher o curso, não elimine opções por preconceito (seu e dos outros), pesquise sobre os cursos e não tome atalhos para chegar a uma decisão mais rápida até porque é uma escolha muito importante da sua vida.

Compartilhe: