V E S T I B U L A R
MENU
 Menu Principal

Glossário: Hora do plantão


às 14h48
Compartilhe:

A editoria Glossário desta semana trouxe alguns termos técnicos utilizados na área da saúde, principalmente para os profissionais de enfermagem. Você já deve ter escutado em alguma ida ao hospital alguns desses termos e ficou se perguntando o que aquelas pessoas estavam falando. Conheça hoje alguns deles e não fique nunca mais na dúvida quando for atendido por um profissional da área!

Afagia: é caracterizada pela impossibilidade de engolir líquidos, alimentos e, em casos mais complexos, a própria saliva. Normalmente, a afagia é um quadro evoluído da disfagia, que acontece quando uma pessoa sente dificuldade em engolir e acaba por não tratar a complicação. É um problema muito comum entre pessoas com Alzheimer de estado avançado ou outras complicações de ordem neurológica que pode causar quadros de desidratação e até mesmo de desnutrição quando não tratado.

Bradipneia: consiste na dificuldade ou lentidão na forma de funcionamento do sistema respiratório de um paciente e, normalmente, está relacionada a quadros de infecções de vias aéreas mais agudas. Por ser mais comum em crianças e em pessoas idosas, o manejo do paciente com um quadro de bradipneia tende a ser mais complexo, requerendo atenção máxima do profissional de saúde, uma vez que é um quadro que tende a se agravar rapidamente.

Dermatose: ela é formada por reações alérgicas diversas, que podem ser crônicas ou agudas e que atingem a pele de uma pessoa. Seus sintomas mais comuns são a formação de um quadro inflamatório, sensação de coceira, calor no local, descamação e, ainda, a formação de bolhas na pele. A dermatose pode ser causada por fatores diversos, como exposição ao agente causador de alergia ou, ainda, em casos mais específicos, como em complicações de doenças autoimunes.

Diurese: é um dos principais indicadores das funções renais de um paciente, isto é, se os rins dele estão funcionando de forma adequada e produzindo urina adequadamente. Para avaliar a diurese de um paciente a equipe de enfermagem deve coletar a urina ou aplicar questionários sobre quantas vezes ao dia o paciente urinou ou se urinou. Além disso verificam-se também a coloração e o odor da urina.

Isquemia: é um quadro clínico causado pela falta de circulação sanguínea e algum órgão do corpo, causando alterações graves em seu funcionamento.  O quadro de isquemia é normalmente causado por obstrução em vasos sanguíneos ou, ainda, por anormalidades em relação à viscosidade do sangue. Os quadros mais comuns de isquemia são aqueles que afetam o funcionamento do coração ou do cérebro de um paciente.

Taquipneia: é um evento marcado pela aceleração do ritmo de respiração de um paciente. Um quadro de taquipneia é caracterizado quando um paciente passa a respirar mais do que 18 vezes por minuto, que é o ritmo normal de um paciente adulto. Em uma criança, o ritmo respiratório é maior, variando entre 20 e 50 respirações a cada minuto, sendo o maior número aquele de um recém-nascido.

Fique de olho no site da Faculdade São Luís de França, toda semana a editoria estará de volta trazendo curiosidades e explicações das mais diversas áreas.

Compartilhe: