V E S T I B U L A R
MENU
 Menu Principal

Inscrições para bolsas remanescentes do ProUni acontecem nesta segunda e terça

As vagas em aberto não foram preenchidas no processo seletivo do ProUni neste ano; podem participar alunos que fizeram qualquer edição do Enem entre 2010 e 2020

às 19h16
As inscrições serão feitas apenas pelo site do ProUni na internet e termina pontualmente 
às 23h59 da terça-feira
As inscrições serão feitas apenas pelo site do ProUni na internet e termina pontualmente às 23h59 da terça-feira
Compartilhe:

Serão abertas, entre os dias 3 e 4 de maio (segunda e terça-feira), as inscrições para preenchimento das bolsas remanescentes do Programa Universidade para Todos (ProUni), que oferece bolsas de estudo em instituições privadas de ensino superior em todo o país. As vagas à disposição são aquelas que não foram preenchidas ao longo do processo seletivo do primeiro semestre deste ano (2021/1), realizado entre janeiro e março. 

Entre as vagas remanescentes, 465 são ofertadas pelo Grupo Tiradentes e distribuídas entre suas unidades em Sergipe, Alagoas e Pernambuco. A Faculdade São Luiz de França (FSLF), que integra o Grupo Tiradentes, está atualmente com 39 bolsas remanescentes disponíveis na unidade Salgado Filho (Administração, Pedagogia, Gestão de Recursos Humanos, Serviço Social, Enfermagem, Psicologia, Fisioterapia e Direito).

As inscrições serão feitas apenas pelo site do ProUni na internet e termina pontualmente às 23h59 da terça-feira, 4. O resultado sai na sexta-feira, 7, também no site do ProUni, e os candidatos precisam apresentar em cada unidade de ensino, por e-mail ou presencialmente, os documentos que comprovem as informações prestadas na inscrição. Essa entrega de documentos deve ser feita na outra semana, entre 10 e 13 de maio. 

Podem participar os alunos que fizeram qualquer uma das 10 últimas edições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), entre 2010 e 2020. A exigência é de que a nota geral nesse exame, com média aritmética simples, seja maior que 450 pontos, e que o aluno não tenha tirado zero na prova de redação. 

Essa abertura, inclusive, tem a ver com uma das novas regras implementadas pelo Ministério da Educação (MEC) na escolha dos candidatos para as bolsas: o critério de mérito, isto é, serão aprovados os candidatos que tiveram melhor desempenho em qualquer edição do Enem desde 2010. O critério anterior, que levava em conta o horário de conclusão da inscrição, foi abolido pelo MEC, que alegou prejuízo aos candidatos que enfrentavam problemas com o acesso à internet. 

Além da nota, o candidato também deve comprovar a renda familiar bruta mensal per capita (por pessoa). Para concorrer às bolsas integrais (100% da mensalidade), a renda não pode ser maior que o valor de 1,5 salário mínimo (R$ 1.650) e para as parciais, o limite é de três salários mínimos (R$ 3.300). O estudante também precisa provar que fez o ensino médio na rede pública (completo); em instituição privada como bolsista integral (completo); ou parcialmente nas duas, em períodos diferentes. 

Orientações

O candidato poderá selecionar exclusivamente apenas uma instituição, local de oferta, curso, turno e tipo de bolsa dentre as disponíveis, conforme sua renda familiar bruta mensal per capita. Alunos que já estudam na Unit, exceto os do curso de Medicina, também poderão se inscrever à bolsa remanescente. Nesses casos, é preciso escolher um curso exclusivamente de área afim da própria instituição, para que a transferência da bolsa para o curso em que ele está regularmente matriculado ocorra. 

Nas unidades do Grupo Tiradentes, os atendimentos e envio de documentação devem acontecer virtualmente, por e-mail. Os endereços e a lista dos documentos exigidos estão disponíveis no site do ProUni na FSLF. Dúvidas também podem ser esclarecidas na nossa Central de Atendimento: 0800-729-2100.

Asscom | Grupo Tiradentes e Algo Mais Consultoria e Assessoria
com informações do MEC 

Compartilhe: