V E S T I B U L A R
MENU
Menu Principal

Mindful Eating: Professora da FSLF fala da importância de trabalhar a nutrição comportamental


às 18h03
Compartilhe:

Com o dia a dia corrido as refeições têm sido cada vez mais rápidas e geralmente estamos bem disperso, usamos esse momento para assistir televisão ou para checar suas mídias sociais enquanto comemos. Colocar a refeição em segundo plano contribui para o comportamento automático e robotizado da alimentação, o que afeta não apenas a percepção de fome e saciedade, mas a saúde como um todo.

O Mindful Eating ou Comer com Atenção Plena é uma abordagem derivada do Mindfulness, que surge como proposta de direcionar a atenção ao momento presente, permitindo a consciência plena, e vem sendo usada também para a alimentação.

De acordo com a professora da Faculdade São Luís de França, a nutricionista Jamile Caroso, o tratamento com a nutrição comportamental são utilizadas técnicas e estratégias para trabalhar a mudança de comportamento alimentar, através do resgate/promoção da alimentação consciente e intuitiva, “Mindful Eating” (comer consciente) e “Intuitive Eating” (comer intuitivo). “O paciente é orientado a exercitar a percepção dos seus sinais de fome e saciedade, por exemplo. Há estudos científicos que mostram que indivíduos que seguiram os princípios do comer intuitivo apresentaram redução no IMC (Índice de Massa Corpórea), com efeitos psicológicos positivos de redução de quadros de depressão e ansiedade e aumento da autoestima”, afirmou.

Para a profissional, a nutrição comportamental é fundamental para a saúde, pois trabalha a sintonia entre a comida, o corpo e a mente. Dessa forma, ela se mostra extremamente importante para a mente e o corpo, trazendo efeitos positivos como a redução de estresse, aumento da autoestima, redução da compulsão alimentar, redução/manutenção de peso, promoção do bem estar.

A prática do Mindful Eating é um processo gradual de autoconhecimento, onde o profissional auxilia o indivíduo a ter autonomia nas suas escolhas alimentares, compreender os sinais do seu próprio corpo e mente, alcançando uma relação saudável com a comida. Segundo Jamile Caroso, o Mindful Eating aplica a atenção plena no momento das refeições. “Algumas técnicas envolvem o processo de mastigação, a exploração dos 5 sentidos no momento das refeições (sentir o sabor, o cheiro do alimento, explorar a parte visual), a tranquilidade do ambiente em que se faz as refeições , tendo em vista que ambientes barulhentos e ruídos prejudicam o comer consciente, dentre outros. É importante sempre lembrar que: a forma como você come é tão importante quanto o que você come”, destacou.

Compartilhe: