V E S T I B U L A R
MENU
Menu Principal

Obesidade aumenta o risco de desenvolver doenças crônicas


às 15h22
Compartilhe:

A obesidade é uma doença cada vez mais comum e esse aumento crescente vem acompanhado pelo surgimento de várias doenças associadas que causam incapacidade funcional, redução da qualidade de vida e da expectativa de vida e aumento da mortalidade.

Para a coordenadora do curso de Nutrição da Faculdade São Luís de França, Júlia Franco Maciel, o processo de transição nutricional pelo qual o Brasil passou, alternou o cenário de desnutrição para o desenvolvimento de uma população com sobrepeso e até obesidade. “Cada vez mais, estamos percebendo que a obesidade tem acometido a população de jovens-adultos, que sofre com essas consequências, podendo ocasionar um comprometimento da saúde, da produtividade no trabalho e do bem estar”, afirmou.

De acordo com a profissional, a obesidade, por ser uma condição de origem multifatorial e que envolve o nosso organismo como um todo, tem uma forte relação com o desenvolvimento de doenças crônicas nos indivíduos, inclusive gerando a síndrome metabólica, que é justamente a junção da obesidade com outras comorbidades associadas. “O cuidado para a prevenção e tratamento da obesidade deve incluir mudanças de comportamentos alimentares, melhora do padrão alimentar, estímulo a atividades físicas e controle do peso corpóreo”, ressaltou.

Condições crônicas como doença renal crônica, osteoartrose, câncer, diabetes mellitus (DM), apneia do sono, doença hepática gordurosa não alcoólica, hipertensão arterial e doença cardiovascular estão francamente associadas à obesidade.

Compartilhe: