V E S T I B U L A R
MENU
 Menu Principal

Economia no home office: pequenas atitudes podem ajudar a equilibrar as contas

Economia no home office: pequenas atitudes podem ajudar a equilibrar as contas

às 12h56
Aproveitar a luz natural, preparar a própria alimentação e desligar o computador quando não estiver trabalhando ajudam a diminuir despesas
Aproveitar a luz natural, preparar a própria alimentação e desligar o computador quando não estiver trabalhando ajudam a diminuir despesas
Compartilhe:

No home office despesas com deslocamento, por exemplo, não existem. Mas trabalhar em casa pode elevar cerca de 25% o orçamento doméstico com o aumento do consumo de energia elétrica, água e gás de cozinha. É por isso que nunca foi tão importante mudar hábitos e dar atenção às pequenas atitudes que podem ajudar a economizar.   

O aumento nas compras de supermercado também deve ser considerado quando se pensa nas despesas geradas pelo home office. Mas muitos acabam sendo pegos de surpresa por outras despesas. Uma das contas que mais impactam no orçamento de quem trabalha de casa é aquela com a aquisição de móveis e acessórios. Um bom exemplo é a necessidade de comprar cadeiras ergonômicas para maior conforto, e que geralmente, são mais caras. Além de material de escritório, que quase sempre precisa ser adquirido rápido, acessórios que facilitem o trabalho remoto, sem falar no ‘upgrade’ no pacote de internet.

Ao ficar em casa por muito mais tempo e utilizando equipamentos eletrônicos, outro item que deve ser levado em consideração é a energia elétrica, bem como água e gás. Neste sentido, uma alternativa é estar atento aos equipamentos que não estão sendo usados naquele momento e, simplesmente, retirá-los da tomada.

Essa simples atitude gera economia, já que esses aparelhos são responsáveis por até 30% de aumento na conta de energia. O ferro de passar roupa é outro vilão e, mesmo trabalhando em casa, a necessidade de utilizá-lo existe, afinal, muitas reuniões ocorrem por videoconferência. Sendo assim, as roupas consideradas de trabalho continuarão a ser usadas. Para economizar na conta, a dica é separar uma grande quantidade de peças e passar todas de uma vez só.

Aproveite a luz natural

Outro ponto importante é trabalhar em um cômodo onde a presença da luz natural seja marcante, assim não será necessário acender as luzes, gerando assim, economia. Trocar a luz do ambiente por uma luminária econômica também é uma alternativa, que pode ser usada na mesa de trabalho.

Uso do computador

O computador é, sem dúvidas, o aparelho mais utilizado no home office. Uma dica de economia é desligá-lo nos momentos em que não estiver em uso. Realizar alterações nas configurações também ajuda a economizar energia, como por exemplo, diminuir a incidência de brilho da tela e regular o tempo para entrar em modo de espera, quando estiver ocioso. No caso dos notebooks, quando estiver completamente carregado, o ideal é retirar o aparelho da tomada. Se tiver um PC, a orientação é desligar o monitor nas pausas do trabalho, pois ele é responsável por cerca de 70% do consumo total do equipamento.

Alimentação

Por já estar em casa, o ideal é preparar a própria alimentação, pois além de ser um hábito mais saudável, é também uma boa alternativa para economizar, evitando assim os gastos com aplicativos de comida, que elevam consideravelmente o orçamento no fim do mês.

As compras no supermercado também devem ser feitas com a devida atenção. A dica é comprar a quantidade certa de alimentos para o número de pessoas que vivem na mesma casa e nada de estocar comida. Alternando para marcas com preços mais em conta, também é possível fazer economia quando o assunto é a compra do mês. 

Ascom | Grupo Tiradentes

Compartilhe: