V E S T I B U L A R
MENU
 Menu Principal

É preciso preservar: dia nacional da reciclagem


às 15h13
Compartilhe:

5 de junho foi comemorado o dia nacional da reciclagem, o objetivo desta data é conscientizar as pessoas sobre a importância de coletar, separar e destinar os materiais recicláveis, como embalagens plásticas, metal, vidro, eletrônicos, etc. A reciclagem é uma ótima opção para ajudar o meio ambiente a se recuperar e reduzir a quantidade de lixo. Ela se torna necessária por diversos motivos. 

Alguns deles são:

– Não acumular os lixões e os aterros sanitários;

– Diminuir a contaminação da água e do solo;

– Ajuda na escassez de matérias-primas novas para a produção industrial;

– Melhora a limpeza geral da cidade;

– Reduz gastos com energia elétrica;

– Ajuda na geração de empregos.

É fundamental implementar ações que conscientizem as pessoas a descartar o lixo de maneira correta, muitas delas não sabem como é feito o processo de coleta seletiva, portanto trouxemos algumas dicas que podem ajudar, anote aí!

-Não misture resíduos orgânicos como restos de comida, cascas de frutas e vegetais com lixo seco (plástico, vidro, metal e papel);

-Lavar e secar embalagens como latas, garrafas, vidros e plásticos;

– Embrulhe vidros quebrados e outros materiais que possam ser recortados em jornais ou coloque-os em caixas para evitar acidentes com o pessoal da coleta;

 – Se possível, embalagens mistas de plástico e metal ou papel e metal ou metal e vidro devem ser desmontadas, e cada tipo de material deve ser armazenado em seu coletor específico.

 – Plástico: sacos, garrafas pet, tampas de garrafas, latas velhas e brinquedos quebrados

 -Vidro: Lâmpadas, espelhos, cristais, vidros temperados, porcelanas e cerâmicas não são recicláveis. Com essas exceções, todo vidro limpo e seco pode ser reciclado.

Metal: pregos, latas de alumínio, tampas e parafusos podem ser reciclados. Tubos, aço, esponja e grampos não são.

– Baterias: baterias e peças eletrônicas. Tais materiais devem ser devolvidos ao fabricante ou armazenados em coletor especial. O descarte comum é muito prejudicial à natureza.

Compartilhe: