V E S T I B U L A R
MENU
 Menu Principal

Pandemia destaca o amplo trabalho do profissional de enfermagem


às 16h00
Compartilhe:

Na semana em que se comemora o Dia Mundial da Saúde, celebrado em 07 de abril, vamos falar de uma profissão que ganhou um destaque e reconhecimento ainda maior ao longo da pandemia de Covid-19: a enfermagem. Esses profissionais trabalham cuidando da saúde dos pacientes no sentido mais amplo da palavra, pois atuam na proteção, prevenção e acompanhamento durante todas as fases do tratamento.

O ano de 2020 foi escolhido pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para ser o ano internacional da Enfermagem, com o propósito de evidenciar a importância da profissão. Para a professora da Faculdade São Luís de França, Érika Souza Vieira, esse é um momento importante para os profissionais da saúde. “A Enfermagem, por exemplo, teve a sua atuação regulamentada no atendimento pré-hospitalar durante a vigência da pandemia, a atuação desses profissionais em ambientes de alta complexidade é de extrema importância, pois cabe a eles o manejo de ventilador mecânico e a prescrição dos cuidados de enfermagem referentes a estratégias ventilatórias”, destacou.

Considerada por muitos como a ‘arte de cuidar’, a enfermeira e professora da FSLF, Jéssica Carvalho Nascimento, considera a profissão como uma ciência do cuidado. “A profissão da enfermagem aspira por conhecimento, acredito que cada vez mais a enfermagem precisa estar inserida de forma embasada nas discussões multidisciplinares e científicas relacionadas à saúde, uma vez que para cuidar do paciente precisamos ter um conhecimento holístico, único do profissional de enfermagem que requer nossa atenção diante das evidências científicas”, explicou.

Atividades atribuídas

O papel do enfermeiro é de extrema importância para o funcionamento de um setor de saúde, pois ele está apto para o atendimento de pacientes graves, é o profissional que coordena e supervisiona as atividades dos técnicos e auxiliares, além disso, pode atuar também na gestão hospitalar.

Todas as atividades incubidas ao profissional estão estabelecidas na Lei nº 7.498, de 25 de junho de 1986 e no decreto regulamentador nº 94.406/1987, que dispõe sobre a regulamentação do exercício da enfermagem.

De acordo com a professora Jéssica Carvalho, o profissional enfermeiro é essencial para os serviços de saúde, pois está presente em todo o processo de cuidado assistencial do paciente, como também é responsável por planejar, organizar e avaliar cada serviço assistencial, para que o tratamento seja bem-sucedido. “Cada profissional de saúde desempenha um papel único no atendimento ao paciente. Médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem, além de farmacêuticos, nutricionistas, psicólogos, fisioterapeutas, também desempenham funções distintas, mas se complementam e têm um único objetivo: cuidar das pessoas. E todo esse planejamento do cuidado da saúde do paciente é conduzido pelo enfermeiro que faz a ponte entre todos os profissionais da saúde que avaliam o paciente”, explicou.

Reconhecimento

O ano que passou trouxe muitas reflexões e desafios aos profissionais da enfermagem e o mundo reconheceu o importante papel da profissão para os serviços de saúde. “Apesar de ser em um momento triste. Trabalhando na linha de frente tive a certeza da força que temos como equipe de enfermagem, do quão fortes somos diante das adversidades da nossa profissão, tive a felicidade de estar ao lado de colegas que incansavelmente exerceram seu papel através de cuidados específicos da enfermagem, visando o bem-estar do paciente. Confio que todo esse protagonismo da enfermagem seja transformado em valorização e respeito e traga um futuro melhor para a profissão”, ressaltou.

Compartilhe: