V E S T I B U L A R
MENU
 Menu Principal

Suspensão de aulas presenciais pode afetar leitura de estudantes, diz pesquisa

De acordo com relatório, de cada dez estudantes, sete devem ser afetados e ter leitura e interpretação de texto comprometidas pela suspensão das aulas presenciais.

às 15h42
A pesquisa do Banco Mundial apontou ainda que os problemas de leitura podem aumentar a evasão escolar
A pesquisa do Banco Mundial apontou ainda que os problemas de leitura podem aumentar a evasão escolar
Compartilhe:

Os efeitos da pandemia da Covid-19 na educação básica brasileira são preocupantes e segundo uma pesquisa realizada pelo Banco Mundial, a suspensão das aulas presenciais pode comprometer a leitura e a interpretação de texto dos estudantes.

Segundo o levantamento produzido pelo Banco Mundial, de cada 10 alunos, ao menos 7 devem ser afetados, e isso corresponde à queda na capacidade de ler e interpretar textos. O estudo considerou o período de 13 meses sem aulas presenciais, que fizeram cair em 71% o nível de proficiência de metade dos estudantes do País, com 15 anos de idade.

O relatório também identificou que essa queda na aprendizagem afeta famílias de baixa renda, o que aumenta a desigualdade social. Além disso, também há o risco de elevação de 15% nas taxas de evasão escolar.  

De acordo com os dados, o nível de leitura de estudantes de 15 anos antes da pandemia estava 50% abaixo do esperado. Com sete meses de escolas fechadas, a queda já era de 50%, e com dez meses o nível de leitura estava 64% abaixo do que se espera nesta faixa etária. Aos 13 meses de suspensão do ensino presencial, o índice chegou a 71%.

Outro ponto destacado na pesquisa é a importância de classificar professores nos grupos prioritários das campanhas de imunização contra a doença, proporcionando assim, o quanto antes, o retorno das aulas presenciais nos colégios. 

Asscom | Grupo Tiradentes

Compartilhe: